Nunca fui Miss..

quarta-feira, julho 11, 2012


Me deparei com um e-mail fofo, que se fosse em forma de cartinha teria um beijinho de batom no final e cheinho de adesivos e canetinhas coloridas aquelas com cheirinho.. Ah lembra minha adolescência..
E foi escrito por uma adolescente muito linda, ela pediu para que eu falasse um pouco dessa fase "Adolescente" da minha vida, porém muitas sabem que não gosto de falar de mim por aqui, mas foi pedido com tanto carinho que não tive como recusar... Mas lá vai...



Nunca fui Miss, pelo contrário fui uma das meninas mais feias da minha sala, era estranha, tinha gostos esquisitos (as pessoas julgavam "esquisitos" fora dos padrões que todas gostavam), nunca fui A desejada e namoradeira do colégio. Eu usava aparelho fixo ortodôntico, e minha mãe me obrigada a usar aquele "freio de burro" pra ir a escola... nossa eu já era estranha, feinha com aquilo então, as pessoas me olhavam como se eu fosse um E.T (tão humilhante), Eu compensava isso sendo engraçada e sentando no fundão com os meninos. Eu sempre tentei compensar qualquer falta de alguma coisa sendo engraçada. Guardo um pouco disso até hoje. Sempre que eu faço alguma besteira tento fazer piada. Às vezes dá certo. Às vezes não.
Só que para uma menina de 13 anos, tentar ser legal porque não é bonita, deu muito trabalho.


 O segundo fato é que se você é legal, senta no fundão e é amiga de homens, provavelmente será ignorada e mal tratada pela patricinha loira que ganha a Barbie antes de você. E isso acontecia. Só que eu não me importava, e xingava muito nos meus diários. Por sorte, foi um incentivo a escrever e ler mais. Então quanto a isso, só tenho a agradecer. Principalmente a Catarina, que hoje pesa quarenta quilos a mais que eu.
Eu poderia escrever um livro sobre essa parte da minha infância, e o que veio e mudou depois. Minha adolescência foi muito diferente, assim como minha infância. Tudo foi driblado com muito bom humor, amigos inteligentes e uma “espichada” que me rendeu 1,68cm e uns quilos que se ajustam a isso sem muitos problemas. E aqui declaro o meu amor aquelas que Nunca foram Miss, sei bem como é isso. rsrs
Quanto ao aparelho freio de burro, por favor, vamos fingir que vocês não sabem sobre isso.

Hoje eu sou assim, uma feia arrumadinha, me cuido, sou um pouco vaidosa para tentar ficar bonitinha hehehe, e aprendi que não existe pessoa feia. Não importa o que vc é por fora, e sim o seu caratér, sua dignidade, e o seu bom coração. Adolescente demoram a perceber isso, mas faz toda diferença.
Nunca fui Miss.

Inté :*


You Might Also Like

7 comentários

  1. Quantas revelações, hein!!!!
    Modestamente, sempre fui esse gatão que você conhece. Espero continuar assim, espetacular, por dentro e por fora, para todo sempre! Rááá! Pegadinha do Mallandro!
    Também conheço um monte de "menininhas" que, no tempo de escola eram MISS e hoje são "o ó do borogodó de ruim"! E tem tbm o inverso. Estranho, né?
    Mas o q vc falou é real. Tem que haver a some entre o lado de dentro com o lado de fora... sendo que o lado de dentro tem peso maior. E... vc é uma gata, prima! rsrsrsr

    Bjs meu e da Mari!

    ResponderExcluir
  2. Naum existe mulher feia, o que existe é mulher sem grana, hehehe.



    BjinhOos

    @SanRodriguesS2

    Fanpage blog: http://www.facebook.com/modabelzaemuitomais

    http://www.sanrodriguess2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. AMEIII esse post...olha eu penso assim,bem coisa de filme americano sabe???que os populares sempre embarangam...enquanto os ''nerds estranhos'' ficam bonitos e bem sucedidos...eu era da turma dos estranhos e gordinha ainda...kkkkkk...melhorei mto hj...e vejo que mta gente que se achava esta numa piorrrr....para essas pessoas eu só digo uma coisa....o mundo da mtassss voltas...então seja vc mesmo!!!
    Bjussssssssss
    Passa lá depois!!!

    http://nathysays.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Mas você é lindaaaaaaaaa!!!
    Parabéns pelo post, amei!

    Tô te seguindo, se gostar do meu me segue tb!
    isabelizulim.blogspot.com

    beeijo

    ResponderExcluir
  5. Carol, que tudo esse post !!
    Eu tb sempre fui o patinho feio da sala, usava aparelho fixo, óculos e botas ortopédicas, depois me livrei das botas e fiquei só com os óculos e troquei o apar. móvel pelo fixo. Depois de 2 anos sofrendo com esse ferro na boca , tirei e fiquei lindona rumo ao ensino médio.
    Entrei com o pé direito, com óculos mais modernos e sem aparelho nenhum, até que fui bem popular no ensino médio mas não fiz nada daquilo que sofri, por anos no fundamental. Sofri muito bully, mas nada comparado aos bullings de hj ... no colegial resolvi ser amiga de todas e defender as meninas que passavam pelo mesmo que passei, na boa , o colegial foi um dos melhores momentos da minha vida.
    Acho que tudo tem um propósito nessa vida.
    Hoje só bem diferente do era a 10 anos atrás(ano que me formei no colegial)
    Sou casada, com filhos e um tanto gordinha ... hehe ... mas confesso que sou feliz, pois sigo com a mina conciência tranquila de que não fiz nada de mal a ninguém ...
    e é bem o que vc falou mesmo , as patricinhas e nojentas daquela época hoje estão HORRÍVEIS ... hhehe

    Bejuuuu

    ResponderExcluir
  6. eu tenho 15 anos e me identifico um pouco com esse texto...mais com a parte de nao ser a mais desejada ou namoradeira da escola.conheço muiitas assim,e sao minhas amigas.As vezes me acho ridicula,usando o uniforme escolar,porque sou muito magra e realmente fica ridiculo,mas eh obrigatorio fazer o que.rsrs'
    beijus e to amando esse blog.adoooroo!--Layla Lac

    ResponderExcluir

Google+ Followers

LEITORAS